Companhia aérea é condenada por usar detector de mentiras em processo seletivo
11/09/2017 06:00


Compartilhe
Kasal




  
A American Airlines Inc. e a Swissport Brasil Ltda. foram condenadas a indenizar um agente de proteção da aviação civil que foi submetido ao poligrafo (conhecido como detector de mentiras) durante sua seleção para a função. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, por unanimidade, fixou em R$ 25 mil o valor a ser pago ao trabalhador, por considerar que o procedimento adotado na...

Faça o login para acessar este conteúdo e fazer comentários.
Se não for cadastrado, acesse aqui.
TST - Tribunal Superior do Trabalho

As matérias, textos e artigos publicados, não significam que estejamos de acordo com as posições apresentadas por seus autores ou fontes. Apenas estamos buscando divulgar textos e matérias que possam contribuir, de alguma maneira, para prestar um serviço social de ajuda e orientação a milhares de pessoas.






A Kasal O Konvenios Benefícios Usuários Informação Contato
A Kasal O Konvênios Parceiros Cadastre-se Notícias Fale Conosco
 Principais Clientes Como Usar Campanhas Entidades Artigos Ajude
Eventos Próprios Links Konvênios Mail Central Articulistas
Ktorze Mandamentos Politicas e Termos Currículo RSS Blogs
Ajude Ringtones  
Vitrine  
    Informativos      
Konvenios.com.br - Todos os direitos reservados.
Administrado pela Kasal.

Desenvolvido pela Porto